Te convidamos para uma reflexão com artista brasileiro radicado na Filadélfia – EUA, Daniel Belquer e convidados, sobre o papel da tecnologia na arte contemporânea. Contamos com a presença de Raphael Vianna , Murilo O´Reilly, Alexandre Brautigam e Caeso para debater o papel das novas mídias e linguagens híbridas em seus trabalhos na cena contemporânea.


Atividade sujeita à lotação.
Vale 5 horas complementares para alunos Celso Lisboa.

QUANDO E ONDE?

 

Data: 13 de novembro de 2019
Horário: das 15h às 19h
Local: 13º andar do Centro Universitário Celso Lisboa - unidade Centro
Endereço: Rua Sete de Setembro, 66 - Centro - Rio de Janeiro)


Nossos convidados

Daniel Belquer  é um artista intermídia, inventor e tecnólogo nascido no Brasil e residente nos EUA. Liderou a iniciativa ‘’Not Impossible Labs' Vibrotactile’’, que começou como forma de ajudar pessoas surdas a terem uma experiência melhor de música ao vivo, evoluindo para uma plataforma vibrotátil imersiva, envolvendo o corpo. Além disso, compôs música original para cerca de 49 produções profissionais no Brasil e no exterior; é palestrante e facilitador de oficinas ao redor do mundo, diretor de teatro experimental, performer e artista de instalações interdisciplinares.

Daniel Belquer é um artista intermídia, inventor e tecnólogo nascido no Brasil e residente nos EUA. Liderou a iniciativa ‘’Not Impossible Labs' Vibrotactile’’, que começou como forma de ajudar pessoas surdas a terem uma experiência melhor de música ao vivo, evoluindo para uma plataforma vibrotátil imersiva, envolvendo o corpo. Além disso, compôs música original para cerca de 49 produções profissionais no Brasil e no exterior; é palestrante e facilitador de oficinas ao redor do mundo, diretor de teatro experimental, performer e artista de instalações interdisciplinares.

Raphael Vianna  é ator, diretor de teatro, cenógrafo, iluminador, pesquisador e produtor cultural. Possui graduação em artes visuais pela Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE, pós-graduação em artes cênicas pela Faculdade de Artes do Paraná - FAP e mestrado pela Universidade Federal do Estado Rio de Janeiro - UNIRIO. Atualmente é doutorando pelo programa de pós-graduação em artes cênicas PPGAC/UNIRIO e se dedica à pesquisa sobre processos de criação envolvendo o intercâmbio de linguagens artísticas em campo expandido.

Raphael Vianna é ator, diretor de teatro, cenógrafo, iluminador, pesquisador e produtor cultural. Possui graduação em artes visuais pela Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE, pós-graduação em artes cênicas pela Faculdade de Artes do Paraná - FAP e mestrado pela Universidade Federal do Estado Rio de Janeiro - UNIRIO. Atualmente é doutorando pelo programa de pós-graduação em artes cênicas PPGAC/UNIRIO e se dedica à pesquisa sobre processos de criação envolvendo o intercâmbio de linguagens artísticas em campo expandido.

Murilo O’Reilly  é Bacharel em Comunicação Social pela FACHA, percussionista que atuou com artistas como Lenine, Paulinho Moska e Zé Ramalho, ministrante do workshop de Música Brasileira no FIMBA (Buenos Aires 2001), artista-residente no CMRMC - RJ 2008 projeto [de Cage à rave: pesquisa de linguagem], diretor musical e autor de diversas trilhas sonoras.

Murilo O’Reilly é Bacharel em Comunicação Social pela FACHA, percussionista que atuou com artistas como Lenine, Paulinho Moska e Zé Ramalho, ministrante do workshop de Música Brasileira no FIMBA (Buenos Aires 2001), artista-residente no CMRMC - RJ 2008 projeto [de Cage à rave: pesquisa de linguagem], diretor musical e autor de diversas trilhas sonoras.

 
Alexandre Brautigam  é um artista que entrecruza seus saberes atuando nos amplos campos das Artes e das Ciências. Graduado em Física pela PUC-Rio e Mestre em Música pela UFRJ, Brautigam dialoga com formas artísticas visuais e sonoras, usando os conhecimentos físicos a seu favor. Teve suas composições tocadas em eventos como o Festival Futura de Música Acusmática (em Crest, França) e evento virtual de RadioArte no Uruguai, além de viaja o mundo fotografando vulcões ativos.

Alexandre Brautigam é um artista que entrecruza seus saberes atuando nos amplos campos das Artes e das Ciências. Graduado em Física pela PUC-Rio e Mestre em Música pela UFRJ, Brautigam dialoga com formas artísticas visuais e sonoras, usando os conhecimentos físicos a seu favor. Teve suas composições tocadas em eventos como o Festival Futura de Música Acusmática (em Crest, França) e evento virtual de RadioArte no Uruguai, além de viaja o mundo fotografando vulcões ativos.

Caeso  é compositor, guitarrista, músico de computador, artista-sonoro-visual-e-etc., além de ter produção criativa diversa, explorando meios como a acusmática, a eletrônica em tempo real, a improvisação livre e também a composição tradicional escrita, além da construção de esculturas sonoras, obras visuais e gambiarras diversas. Mestre e bacharel em composição pela UNIRIO e UFRJ, respectivamente, sua produção autoral vem sendo apresentada no Brasil e no exterior, das salas de concerto e galerias a espaços alternativos dedicados à arte experimental.

Caeso é compositor, guitarrista, músico de computador, artista-sonoro-visual-e-etc., além de ter produção criativa diversa, explorando meios como a acusmática, a eletrônica em tempo real, a improvisação livre e também a composição tradicional escrita, além da construção de esculturas sonoras, obras visuais e gambiarras diversas. Mestre e bacharel em composição pela UNIRIO e UFRJ, respectivamente, sua produção autoral vem sendo apresentada no Brasil e no exterior, das salas de concerto e galerias a espaços alternativos dedicados à arte experimental.

 

ESPERAMOS VOCÊS! 


Veja também